30/05/2008

na megalópole

São Paulo está fria e triste. Pousar em Congonhas sempre me dá um cagaço enorme e hoje foi pior: chovia. Sobrevivi, como se vê, ou melhor, como se lê... No fritar dos ovos é bom se sentir, por uns momentos, um cosmopolitano. Espero sobreviver também à noite na Paulicéia.

29/05/2008


Hoje é dia do geógrafo. "Viva eu, viva tu e viva o rabo do tatu"!
Vejo um conhecido conversando com uma moça no ônibus. Ele está com aquela cara de quem está paquerando. É um jeito pouco à vontade, com uma leve ruga no cenho: será que estou agradando? Espero que ela não repare na espinha. Meu hálito tá bom?

Tem gente que é especialista nisso e passa grande parte do dia inventando texto, forjando cena. E o mais pedante é que esse joguete pífio de conquista vai além das tretas amorosas. Encontra-se dessas malas nos contatos profissionais e elas são irritantemente simpáticas e sorridentes. Eu as odeio. Quanto ao meu conhecido não penso assim, ele só estava tentando conseguir uns beijinhos no final de semana e ele é jovem demais pra ser odiado.
¨
O transporte público ainda me levará pro manicômio.

28/05/2008

"Há eventos de natureza tão delicada, que faríamos bem em soterrá-los e torná-los irreconhecíveis através de uma grosseria; existem atos de amor e extravagante grandeza, após os quais é aconselhável tomar de um bastão e surrar a testemunha, para lhe turvar a lembrança."
Nietzsche
in: Além do bem e do mal

27/05/2008

Preciso comprar uma kombi e ler mais literatura russa. Talvez eu precise mesmo é de um mês inteiro de férias com uma viagem pro litoral. Há séculos não sei o que é uma praia. A única coisa que tem me dado alento é a companhia dos amigos.
Outro dia um amigo me ligou e leu-me uma entrevista que achou bacana. Gostei disso. Tenho bons amigos para uma conversa completamente despretensiosa num buteco. Isso é o que realmente importa na amizade. Tenho um amigo que mora em Guaxupé e um que cismou de criar porcos. Tem outra que namora um lobisomem... Alguém me serve outra vódica?

26/05/2008

Meanwhile

¨
Meanwhile night falls
into regions
and if we could just see faster
we could watch everything
Dawn is niext to night
and getting darker
and all the afternoon
sare falling, falling
and then just after lunch
Noon rose into full sunlight
And then another morning
running early
seen only by those who rose
in time to work.


Marisa Monte/Nando Reis [1991] Versão: Laurie Anderson

25/05/2008

Um pouco de Álvares de Azevedo

Na mocidade é o caleidoscópio das ilusões: vive-se então da seiva do futuro. Depois envelhecemos: quando chegamos aos trinta anos, e o suor das agonias nos grisalhou os cabelos antes do tempo, e murcharam como nossas faces as nossas esperanças, oscilamos entre o passado visionário, e este amanhã do velho, gelado e ermo – despido como um cadáver que se banha antes de dar à sepultura! Miséria! Loucura!
in: Noite na Taverna

24/05/2008

Os quatro fantásticos

video

Vale a pena vê-los de novo e sempre


22/05/2008

Saudade do lanterninha

¨
Adoro cinema, o filme, o idílio. A telona me inspira e me emociona sempre. O cinema é algo que é do cheiro, da presença, da completude. Os que têm livraria e café são por demais charmosos e agradáveis. Às vezes até penso que estou em Paris, mas tenho saudade das grandes salas, do Cine Palladium, sobretudo. Gostava das poltronas vermelhas e de tudo mais. A Universal comprou quase todas. A modernidade traz consigo tanta coisa estranha. E que os céus nos livrem do cinema de shopping.

20/05/2008

De olhos bem abertos



O primeiro beijo qu’ela me deu
Beijo de boca e olhos abertos
E eu era de novo menino
O Beijo


Eu dei
Em minha boca
O beijo dela


Ela me disse que sou engraçado
Pediu pr’eu ligar
E eu não tive pernas para ir embora


Ela me deu um beijo na boca
stoN



Hoje em dia leio mais na tela do que no papel. A despeito do prazer táctil que sinto com livros os jornais impressos não me chamam a atenção. E o que não falta é coisa na web pra se ler. Haja saco! No meio de toda farofada que se recebe, recebo sempre uns e-mails que tem uns troços assim:
User-Agent: eGroups-EW/0. 82X-Mailer: Yahoo Groups Message PosterX-Originating- IP: 66.163.168.136X-eGroups-Msg- Info: 1:6:0:0:0X-Yahoo-Post- IP: 189.61.53.7From: "Helen Gurgel" X-Yahoo-Profile: hcgurgel
Será que todo mundo recebe também ou só os que são piores?

18/05/2008


Eu sempre digo que carne de homem não dá pastel e que, justamente por isso, tem que ralar. Todavia confesso estar esfolado, cansado... Cássia Eller disse que era ele o seu verdadeiro pai, Caetano disse que tem a impressão de ter passado a vida toda o perseguindo. Eu queria sê-lo. Não que esteja pensando em uma missiva, mas queria sê-lo. Deve ser bom ser o Chico.

17/05/2008


Família Perfeita

O Padre Voador fará a benção

16/05/2008

pensamentos insones

Sabe-se muito de uma pessoa a partir do calçado que ela usa. Olhando-se o sapato da figura é possível traçar um perfil básico da personalidade de quem o usa. Desde muito venho observando essa relação. Claro que todo o vestuário de uma pessoa já diz muito da figura, mas o calçado é mais contundente. Mulheres que usam sapatos de bico fino, daqueles de matar barata no canto da parede são, geralmente, bastante determinadas, alegres e seguras. Mocassins, quase que invariavelmente, são usados por caras tímidos, modestos, retos de caráter e pouco dados às novidades. Hippongas com sandálias são interessantes, mas inspiram pouca confiança. Reparem bem os pés das pessoas com as quais vocês andam...

15/05/2008


Ainda bem que já se aproxima a estação fria. Com a claridade difusa do fim de tarde, durante o inverno, é possível enxergar mais beleza e menos poesia. A beleza é inadvertida, mas a poesia das coisas é melindrosa. Ela é algo milimetricamente criterioso, de uma existência que beira a impertinência. A beleza, pura e simples, como a de James Dean comove, mas é despretensiosa. A beleza dá conta de si, a poesia não. Ela quer mais, ela é insaciável.
Não faço a mínima idéia do que me levou a escrever sobre tema tão insosso. Deve ser por causa da menina linda que vi na fila do banco hoje. Ela fez a tarde parecer bucólica e sofrida.

14/05/2008

Verdades

As baixinhas são as mais bravas e as que, aparentemente, são santinhas são as mais quentes. Os caras bonitos não valem nada e os que ligam no dia seguinte devem ter sérios problemas com a máfia chinesa ou coisa que o valha. Talvez o samba seja realmente filho da dor, mas como eu não me chamo Raimundo: fodaz pro mundo!

13/05/2008

Soldado dos EUA no Afeganistão

[Tim Hetherington - World Press Photo 2007]

hoje é dia de esquecer que todo dia é dia de lembrar.

12/05/2008

Achei que hoje merecia uma postagem diferente. Pensei em escrever algo bacana, um texto que merecesse como música de fundo uma baladinha do Jack Johnson ou do Crash Test Dummies. Queria que o/a incauto/a leitor/a se lembrasse de um clip do Nirvana, do Jamiroquai ou do Fine Young Cannibals durante a leitura.

Sinto-me como Indiana Jones: em busca da leveza perdida. Escrever, ousar tentar fazê-lo, é uma aventura desmedida. E como não saiu nada do jeito qu’eu esperava, imaginem ao fundo Queen, com a incondicional Under Pressure “tan tan hã hã tan nã nã...”

11/05/2008


Puta que pariu!!! Alguém tomou o meu mingau, dormiu na minha cama e mexeu no meu queijo! Fingiu que não percebia o que se passava, não sabendo que é assim que eu mais gosto. Beijo. Me liga!

10/05/2008

Quando eu crescer

(...)
"Eu quero ser o matador das cinco estrelas
Eu quero ser o Bruce Lee do Maranhão
A Patativa do Norte, eu quero a sorte
Eu quero a sorte de um chofer de caminhão
Pra me danar por essa estrada, mundo afora, ir embora
Sem sair do meu lugar
Ser o primeiro, ser o rei, eu quero um sonho
Moça donzela, mulher, dama, ilusão
Na minha vida tudo vira brincadeira
A matinê verdadeira, domingo e televisão
Eu quero um beijo de cinema americano
Fechar os olhos fugir do perigo
Matar bandido, prender ladrão
A minha vida vai virar novela"

(...)

Caetano Veloso e José Almino

09/05/2008

Ana

Saiu cedo de casa. Sem café da manhã. Precisava ganhar todo o tempo possível. Último dia de matricula na pós-graduação em ciência política. Curso que ela, desde muito, espera fazer com ansiedade. O curso de graduação em sociologia não tinha dado a Ana a visão de mundo que ela tanto buscava. Sempre se perguntava se não era exigente demais. Pensava na ampliação de possibilidades que o curso traria a sua vida profissional, incluindo o aumento salarial imediato quando foi atingida em cheio por um ônibus que não conseguiu parar no sinal vermelho. Ana morreu e tinha deixado a roupa batendo na máquina.

08/05/2008

FRIO

Sofia
Só sentia
Sofria.
stoN

07/05/2008

Será que a inspiração me salvará um dia? Sei não... Já tentei escrever por transpiração, mas foi frustrante: tentei variados métodos, busquei estruturas, estudei formas e nada. Quando sai algo que preste, me sai como uma enxurrada maluca e desordenada. Depois é que dou sentido a coisa, ou deixo por conta do leitor. Ele que dê.

Foda é a paúra que tenho de papel em branco. Uma página do word em branco em minha frente chega a me sufocar, quando a cretina inspiração não me socorre. Páginas em branco são pura expectativa e necessidade revelação, de expressão. Deus me livre delas.

___________Eu


s-tonto???
não!!!!
ston-tô!

by Little Dylan

06/05/2008

Brinquedo pedagógico




Acometeu-me hoje uma gastura de comprar algo. Uma vontade louca, quase incontrolável de gastar dinheiro, de ter um cartão de crédito internacional com limite perto do imponderável. Eu era pura vontade de me consumir no consumo, embrenhar-me, apostolicamamente, nos corredores de um shopping. Como num dia de fúria, gastar como se o mundo fosse acabar e só eu soubesse. Lograr deixar os credores na mão em pleno fim do mundo. Seria a glória. Procurei um picolé, (Talento da Garoto - 8ª Maravilha), numa padaria e não encontrei. A minha impulsividade consumista esvaiu-se. Não resistiu à frustração da falta de picolé de chocolate amargo.

05/05/2008

帅哥身材不错嘛

帅哥你 们好 啊帅哥 身 材不错嘛身帅 哥身材不 错嘛你 们好啊 材 不不 错帅哥身材不 错嘛嘛 你们好啊 好啊,哈哈 好啊,哈哈 帅哥的身材真棒啊~
我觉得还是中国人好看点,哈哈
帅哥把内裤脱了
有两个人
你男的还是女的啊 男的撒
嘿嘿
Esse ano o inferno astral foi de leve. Acho que nem teve. Será que o inferno carnal está tão grande que não teve espaço pro astral? Vai ver que essa coisa nem existe. Esse povo inventa tanta coisa. Acordei hoje tentando me lembrar de um sonho. Quase nunca me lembro deles por inteiro. Aposto que tem uma explicação razoável pra isso. Tem pra tudo, até pra existência ou não do inferno astral. Que chegue logo mais um aniversário, e outro, e outro...

04/05/2008

Sobra

Ele me sabe
me sobe
e sofre.
stoN

Maio: mês das noivas

¨

Ao Gatomário

Todas as verdades do mundo
cabem numa laranja.

03/05/2008

"Experimentar é a única coisa que me entusiasma"*


Tenho estado muito feliz. Tudo anda tão bem que é inevitável o pensamento: Alguma coisa estão me preparando. Está sossegado demais. Ou não. Tenho conhecido (algumas vezes em sentido bíblico) muita gente bacana, tenho passado por excelentes momentos de convívio e de conquistas. É a mudança de trabalho, de perspectiva. Espero mesmo que sempre tenha a possibilidade da mudança, do novo. Amigos, conhecidos, comparsas, surpreendam-me sempre! Tragam-me novidade aos olhos e aos ouvidos todos os dias!

*Orson Welles

Um pouco de Álvaro de Campos

(...)
Sim, ser vadio e pedinte, como eu sou,
Não é ser vadio e pedinte, o que é corrente:
E' ser isolado na alma, e isso é que é ser vadio,
E' ter que pedir aos dias que passem, e nos deixem, e isso é que é ser pedinte.

Tudo o mais é estúpido como um Dostoiewski ou um Gorki.
Tudo o mais é ter fome ou não ter o que vestir.
E, mesmo que isso aconteça, isso acontece a tanta gente
Que nem vale a pena ter pena da gente a quem isso acontece.
Sou vadio e pedinte a valer, isto é, no sentido translato,

E estou-me rebolando numa grande caridade por mim.
(...)

Trem bão

Viajar é sempre bom. De avião é bom, mas nada supera uma viagem de trem. Tenho uma deficiência grave em meu caráter: não passei minha infância onde houvesse uma linha férrea por perto. Há quem lamente a ausência de praia, mas eu sinto falta do trem. Sempre que vejo um, fico pensando como deve ser bacana para a molecada ter um trem de carga (ou mesmo que seja de passageiros) pra jogar pedra, pra pular no vagão de minério quando ele passar devagar, pra ouvir o apito ao longe e saber que é chegada a hora da diversão. Tem algumas cenas de filmes com trens que não me saem da cabeça: Evita, Drácula, Tomates verdes fritos...

01/05/2008


Leio a embalagem: "Frango abatido e resfriado com pés, pescoço, cabeça, fígado e moela. Mantenha resfriado a 4ºC". É o que se espera de um frango: a completude. Tem até fígado! Seria um sujeito de sorte se não estivesse a quatro graus. Se não há, deveria ter dissertação de mestrado em psicologia assim: “A existência, a cultura consumista e a angústia da completude: pertinências comparativas com o caso do frango abatido resfriado”; ou coisa que o valha...